sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Procura-se um lar para Neve

Esta cadelinha linda chamada Neve foi encontrada nas imediações do Condomínio Colinas de São Paulo, próximo ao antigo Colégio Dinâmico. A pessoa que a encontrou levou para tomar banho, pois estava cheia de carrapatos. Como ele não pode ficar com ela, busca um lar adotivo ou temporário até a adoção.

Neve tem aproximadamente 5 meses de vida e aparentemente é saudável. A pessoa que a encontrou irá arcar com as despesas de ração caso alguém se disponha a dar lar temporário.

Quem puder adotar ou dar lar temporário a Neve, favor entrar em contato com João Henrique, pelo Facebook, clicando aqui. Ou pelos telefones: 9191-6630/8825-4041.



quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Cão encontrado no Conj. dos Bancários busca seu tutor

Este cão macho estava perambulando pela rua no Conjunto dos Bancários já fazia três dias. Hoje um rapaz resolveu colocá-lo para dentro de casa e nos pediu ajuda para encontrar o tutor.

Portanto, quem souber algo a respeito, favor entrar em contato com Daniel Del Rei, pelo Facebook, clicando aqui.



Cão resgatado após vários pedidos tinha Calazar

Há vários dias temos recebido pedidos de ajuda para este cão. Ele ficava sempre na região do IERP. 

Hoje conseguimos resgatá-lo, mas infelizmente percebemos logo os sinais de Calazar. Levamos para o canil municipal e o exame deu positivo. A única alternativa foi a eutanásia.

Agradecemos a todos que se preocuparam e se dispuseram a ajudá-lo.





terça-feira, 28 de outubro de 2014

Boby foi encontrado!

Pessoal, obrigada pela ajuda na divulgação do caso de Boby. Ele foi encontrado com muita fome, desidratado, mas já está em casa e sendo bem tratado.


Ajudem a encontrar Lupe

Lupe desapareceu no Jequiezinho, próximo ao Colégio Polivalente há um mês. Ele tem porte médio, 2 anos de idade.

Quem tiver alguma notícia ou o encontrar favor entrar em contato com Pamela Almeida pelo Facebook, clicando aqui. Ou pelos telefones (73)9133-5866/8888-9136.




segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Ajudem a encontrar Boby (ENCONTRADO)


Ele desapareceu nas imediações do Viveiro, no Campo do América.

Quem tiver informações, favor entrar em contato pelos telefones abaixo ou pelo perfil de Gabriel no Facebook, clicando aqui.

sábado, 25 de outubro de 2014

Johnny foi atacado por um Pit Bull e corre o risco de perder a pata

Este é Johnny, um cão que foi atacado por uma cadela da raça Pit Bull, por falta de cuidado dos donos dela. Segundo o casal, Johnny era um cão de rua que todos os dias ia comer em sua porta e no fim de semana passado a cadela da família o atacou. Porém, ao invés de buscar ajuda para Johnny, o deixaram num canto para morrer.

Johnny teve várias perfurações pelo corpo e sua patinha traseira foi dilacerada. Quando foi encontrado por uma protetora alguns dias depois, estava num estado lastimável, com bicheiras e infecção.

Não tem sido fácil cuidar dos ferimentos de Johnny, que sente muitas dores e ainda tem o risco de perder a pata.

Estamos precisando de ajuda com material para os curativos dele. Quem puder doar, favor entregar os itens abaixo no pet shop Beleza Animal, na Clínica Late & Mia ou no BBC.

- Terracotril
- Mata bicheira
- Ataduras
- Gaze
- Esparadrapo
- Xantinon

Os ferimentos foram muito graves e ele ainda não consegue ficar de pé. Mas come direitinho e está respondendo bem ao tratamento. Assim que estiver recuperado, irá para adoção.












Estamos ajudando no tratamento de Nina

Nina é uma cadelinha muito doce, meiga, que foi muito maltratada e agora sua nova tutora precisou de nossa ajuda. Seus tutores anteriores diziam amar muito a cadela, até o dia em que ela foi atropelada e quase perdeu os movimentos das patas traseiras. Nina foi deixada num canto de uma varanda para morrer. 

Um dia, resolveram ir embora e deixaram Nina para trás. A vizinha, que já estava muito incomodada com a situação da cadela, resolveu adotar e cuidar. Com os cuidados, Nina recuperou os movimentos e passou a ser uma cadelinha feliz, num novo lar, com pessoas que a respeitavam.

Porém Nina tinha um tumor venéreo e a situação foi ficando cada dia pior. Sem condição de levar num veterinário, sua tutora pediu ajuda e nós nos disponibilizamos a tentar resolver o caso. Já tinham sugerido a ela que mandasse sacrificar a cadela, mas ela disse que não poderia nunca fazer isso. Conseguimos o tratamento para Nina e ela começará as sessões de quimioterapia nesta próxima semana. Vamos acompanhar a recuperação e mostrar para vocês aqui.

Fico pensando no que leva uma pessoa a deixar de amar um animal quando ele fica doente, velho ou se acidenta. Não é o primeiro caso desse tipo que encontramos e, infelizmente, não será o último.






Adote Mafalda

Mafalda foi encontrada na rua, deitada, sem conseguir se levantar. Ficou ali na rua por algumas horas, tentaram lhe dar comida e água, mas ela não aceitava. Quando fomos resgatá-la estava coberta de formigas.

Levamos na veterinária e a suspeita é de doença do carrapato. Ela já está sendo medicada e conseguiu um lar temporário. Depois do tratamento será colocada para adoção.

Mafalda é mestiça de Pit Bull, de pelo rajado e tem aproximadamente 5 meses de vida. Já está vermifugada e de coleira Scalibor. Se alguém tiver interesse em adotá-la e assumir o tratamento, é só entrar em contato conosco através da fanpage do Facebook.

Atualização do caso: A suspeita da doença do carrapato se confirmou, mas ela já está no tratamento desde sexta passada. O maior problema agora é que está com a pupila dilatada e não enxerga normalmente por isso. Não sabemos se foi uma lesão permanente ou se tem volta, pois já foi encontrada assim. Precisamos aguardar o tratamento terminar para ver o que acontece. Mas ela é uma cadela praticamente normal, brinca, adora carinho e enxerga um pouco. Talvez somente vultos. Mas descobre tudo pela audição e pelo faro. 


Antes do banho, lotada de pulgas





No lar temporário, já mais esperta, comendo bastante e brincando com seu novo brinquedinho







quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Nalu foi adotada

Pessoal, olha como Nalu ficou linda após se recuperar da sarna! O bom é que a pessoa que estava cuidando dela a adotou!

Felicidades para Nalu e sua família.